Yami Café, uma proposta diferente

Capa

A sensação de estar em outro lugar do mundo se torna evidente ao colocar os pés no Yami Café, que chama atenção ao primeiro olhar de qualquer um. Diferente das demais cafeterias, possui uma decoração minimalista e de tons neutros. Geremias Ludwig, fundador do café, nos conta que se inspirou nas cafeterias da Escandinávia e do Japão, das quais possui grande simpatia pelo design. A proposta da decoração é fugir dos tons escuros aos quais são associados a tantos cafés que conhecemos. A impressão causada pelo ambiente branco é de estar em um espaço do futuro. A cor amarela é pontual (somente nas cadeiras) e equilibra com o ambiente neutro, tornando-o aconchegante.

Yami_CafeYami_Cafe_2

As paredes do local são decoradas com pôsteres da competição Mundial de Aeropress (método do café coado com pressão), o qual ocorre anualmente em diferentes cidades. A referência das diferentes partes do mundo torna-se ainda mais evidente na decoração dos cartazes do Aeropress. O Yami possui um som ambiente muito agradável, as músicas no geral possuem um clima relax e são estrangeiras. Notamos alguns hits adaptados para esse estilo calminho, o que achei interessante.

Ao contrário do que se possa imaginar, o termo Yami não vem do japonês, mas sim da expressão americana. “Yummy” significa delicioso. Camila, atendente da cafeteria, nos explicou a maior parte dos pratos e cafés, que são de dar água na boca! O cardápio é simples, com um design autoexplicativo. Me encantou e também me deixou na dúvida do que escolher. Por fim, decidi tomar um Café Tônica e comer um Toxtex (pão de forma caseiro produzido pelo Yami). Samuel optou por tomar um Aeropress de grão Braúna e comer um muffin de laranja com cobertura de merengue. Além disso, experimentamos uma das especialidades da casa: o Cold Brew. Método de extração a frio que demora até 16 horas para compensar a baixa temperatura. A bebida vem preparada no grão Piatã. Nota-se um sabor muito mais suave e com menos acidez do café. O que não faltou no nosso lanche da tarde foi sabor!

  • Café Tônica.

O cardápio mostra opções de variados cafés, das mais diferenciadas preparações (Aeropress, Kalita Wave, Cold Brew e Chemex) as mais tradicionais. A opção de cafés é dividida entre bebidas frias e quentes, com escolha de grãos para os cafés de preparação espcial. Esses grãos estão disponíveis para compra no próprio Yammi. Geremias conta que são todos de produção nacional (MG e BA) de parceria exclusiva da cafeteria, priorizando a produção brasileira e trazendo novidades para Porto Alegre.

Yami_Cafe_3

O café possui 1 ano e 2 meses. Foi inaugurado em novembro de 2014 e desde então vem conquistando uma freguesia no Bom Fim. As clientes Franchiesca Zugno e Giorgia Coan contam que sempre que podem fazem alguma refeição no Yammy: “não tem pedido que dê erro de não gostar, tudo é muito bom!”. O café oferece lanches saudáveis, incluindo opções sem glúten e lactose, saladas e almoço. Além disso, possui doces maravilhosos de dar água na boca! Achei o Yammi perfeito para quem procura um espaço para usar o notebook e fazer reuniões (eles possuem um espaço exclusivo para isso). Sem esquecer dos apaixonados por um bom café, que encontram aqui preparações únicas da bebida.

Yami Café 

Onde: Rua Francisco Ferrer, 478 (quase esquina com a Av. Protásio Alves) – Rio Branco – Porto Alegre/RS.

Quando: De segunda a sexta (das 10h às 19h), sábado (das 10h30 às 19h).

Contato: 51 3024 1250

Assinatura

9 Comment

  1. Oii!
    Adoro conhecer novas cafeterias e bistrôs! Sempre que rola um tempinho extra quando vou em Porto Alegre, tento conhecer um lugar novo!
    Adorei a dica desse, achei o ambiente uma graça com essa decoração minimalista, além do mais, super aconchegante também!

    Beijos!
    Blog Bianca Schultz

  2. Wendyel Borin says:

    Oi Bia!

    Vale a pena conferir o Yami. E voltar umas quantas vezes ;)

    Beijão!

  3. Monique says:

    Que lindo. Adorei o lugar, já quero conhecer. Em meio a cidade grande e turbulenta de Porto Alegre, esse lugar parece trazer uma tranquilidade incrível para quem desfruta do ambiente :)

  4. Wendyel Borin says:

    Sim! Enquanto estava lá tomando meu café, tinha uma menina usando seu notebook. Achei fantástico, o espaço poder proporcionar um espaço para reuniões e uso de wifi. Ao mesmo tempo que tu desfrutas de um ótimo café.

  5. Natália says:

    Gostei do ambiente, fiquei curiosa em relação ao cardápio, e achei muito bom eles terem opções sem glúten e sem lactose, assim todos podem deliciar – se com as delícias deles. Beijo

  6. Wendyel Borin says:

    Sim, Nati!
    O cardápio se torna muito mais atraente por haver essas opções.
    Quero fazer um próximo post explicando mais sobre as delícias do Yammi.
    Vejamos o que sai :)

  7. Lívia says:

    Adorei tua descrição do Yami, já me deu vontade de voltar lá…

  8. Wendyel Borin says:

    Nós também estamos loucos por voltar lá! :)

  9. Larissa says:

    Que lugar mais aconchegante!
    Me lembra muito os cafés sul coreanos…
    Tenho muita vontade de montar um!

Deixe uma resposta